O Papa vem rezar conosco pela paz na Terra Santa, afirma Patriarca de Jerusalém

.- O Patriarca Latino de Jerusalém, Dom Fouad Twal, faltando alguns dias para achegada do Papa Bento XVI em sua primeira e histórica visita à Terra Santa,assinalou que “nós o esperamos com alegria, esperança, entusiasmo: vemos nele um sinal da Providência que vem rezar conosco, por todos nós, pela paz,por todos os habitantes da Terra Santa”.

Em diálogo com a Rádio Vaticano depois da conferência de imprensa realizada em Jerusalém esta manhã na qual explicou os preparativos para a Viagem Apostólica do Santo Padre, o Arcebispo comentou que o Papa “é um pai que começará a animara os fiéis na Jordânia e logo seguirá aqui. Devemos ter um coração grande, não limitar-nos às pequenas coisas, à mesquinharia. Ao contrário, ao belo gesto de sua parte corresponde um belo gesto de nossa parte através da hospitalidade, da acolhida e valor”.

Seguidamente o Patriarca explicou as distintas dificuldades pela que atravessam os cristãos em Terra Santa: “basta ir daqui a Belém, à Nazaré, para ver este calvário:todos os pontos de controle que existem, o muro que está aí. Não podemos chegar ao aeroporto, temos problemas de vistos que não chegam, o problema da reunificação das famílias cristãs entre Jerusalém e Ramallah. E inclusive, a destruição das casas, sua demolição. Este é o calvário de uma Igreja, mas não esquecemos que o calvário é seguido por uma ressurreição”.

Dom Twal relatou logo que em Jerusalém “temos apenas 10 mil cristãos, entre católicos, ortodoxos e protestantes, frente a uma comunidade muçulmana de 250 mil pessoas e uma israelense de 550 mil. Fazemos o possível por fechar e limitar ao máximo a emigração de cristãos: mas corresponde aos mesmos cristãos entender que sua presença aqui é uma missão, devem aceitar os obstáculos e não abandonar-se ante os problemas. Aqui onde é Terra Santa, estão também nossas raízes”.

Depois de comentar que as relações com as outras confissões cristãs são boas, o Patriarca Latino de Jerusalém precisou que “devemos restituir a esta Terra Santa sua vocação de santidade. Mais que a guerra pelo território, devemos nos esforçar mais pela santidade, pela reconciliação, pelo perdão, pela caridade fraterna das que temos tanta, tanta necessidade. Isto é o que nos anima”.

Na conferência de imprensa participaram também o Núncio Apostólico em Israel, Dom Antonio Franco, o Vigário Patriarcal Latino e o Custódio de Terra Santa, Pe. Pierbattista Pizzaballa.

Acerca de immigratoamico

Siamo un gruppo di volontari dell'Associazione Nazionale dei Papaboys, i giovani del Papa che hanno attivato questo progetto per gli amici immigrati che hanno bisogno di aiuto o di un consiglio!
Esta entrada fue publicada en GENERAL y etiquetada , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guarda el enlace permanente.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s